Sabe Mais

Posts Tagged ‘Moral

      Fez agora um ano que foram resgatados os 33 mineiros que, durante mais de dois meses, ficaram presos numa mina do Chile.

      Após este ano e o apagão mediático, o que é feito daqueles 33 homens elevados à categoria de heróis por todos os meios de comunicação de massas?

      A maioria está desempregada e sofre de stresse pós-traumático.

      Dos 33 mineiros, apenas quatro voltaram a trabalhar em minas e dois tornaram-se comerciantes de frutas e vegetais.

      Durante 69 dias o resgate dos mineiros foi acompanhado pelas televisões do mundo inteiro. Os mineiros chilenos saltaram de debaixo da terra diretamente para as luzes dos holofotes e foram tratados como heróis, antes e depois de terem saído da mina.

      Depois do resgate, os mineiros beneficiaram de apoio de vários quadrantes da sociedade. Um magnata chileno da indústria mineira deu mais de oito mil euros a cada um, a dois que estavam noivos ofereceu duas casas e ajudou um deles, que encontrou a mulher com outro homem, a receber ajuda psiquiátrica. Agora, um ano depois, já sem as luzes dos holofotes televisivos ou dos flashes das máquinas fotográficas, já com a atenção do público virada para outros acontecimentos igualmente rentáveis para os próprios meios de comunicação de massas, as ofertas de marcas e de pessoas individuais terminaram e a maior parte desses homens estão desempregados e mais pobres do que estavam antes de se tornarem celebridades.

      Um deles, Edison Peña, que está sob acompanhamento psiquiátrico, resume o sentimento que lhes é comum quando afirma: «fizeram-nos sentir que éramos heróis, para agora acabarmos a vender amendoins».

      As luzes dos mass media iluminam ou cegam?

Anúncios

      Na cidade alemã de Bona as prostitutas têm agora que pagar um novo imposto. Aquelas que quiserem trabalhar nas ruas da cidade, ao ar livre, durante a noite têm que pagar uma taxa especial diária, cujo pagamento se realiza numa máquina e cujo recibo devem guardar durante toda a noite de forma a ser exibido às autoridades fiscalizadoras e assim se livrarem da multa de cerca de 100 euros em que podem ser condenadas.

      Entre as 20H15 e as 06H00, a ocupação da via pública pelas prostitutas custa-lhes 6 euros. O município calcula que irá receber cerca de 300 mil euros anuais com este imposto.

      Desta forma as prostitutas passam a ser duplamente sexualmente exploradas, quer pelos clientes quer pela entidade governativa, pois o dinheiro que a prostituta utiliza para pagar o imposto é proveniente da sua atividade de prostituição, passando o município de Bona a ser o chulo ou mais um novo chulo da prostituta, isto é, chulo ou proxeneta ou cafetão, ou seja, quem explora alguém na prostituição, o que é considerado crime de Lenocínio (em Portugal este crime previsto no artigo 169º do Código Penal Português é punido com pena de prisão que pode ir até 8 anos).

      Este último fim de semana, em várias cidades do Brasil e do Mundo, foram organizadas marchas de mulheres em defesa do direito de se vestirem e agirem da forma que quiserem sem que isso justifique qualquer violência sexual cometida contra elas.

      A “Marcha das Vadias” (ou SlutWalk) surgiu no Canadá no passado mês de abril, como protesto em resposta ao comentário de um polícia que aconselhava as universitárias a “não se vestirem como vadias/putas (sluts)” para reduzirem o risco de serem estupradas. Essa declaração causou revolta não só no Canadá mas um pouco por todo o Mundo.

      No Brasil, a marcha justifica-se porque aproximadamente 15 mil mulheres são estupradas por ano e, mesmo assim, a sociedade acha até graça quando um humorista faz uma piada sobre estupro, chegando ao cúmulo de dizer que homens que estupram mulheres feias não merecem cadeia, mas um abraço.

      Estar no comando da nossa vida sexual não significa que estamos nos abrindo para uma expetativa de violência, e por isso nasce esta solidariedade para com todas as mulheres estupradas em qualquer circunstância, porque tiveram seus corpos invadidos, porque foram agredidas e humilhadas, tiveram a sua dignidade destroçada e muitas vezes, senão quase sempre, foram ela próprias ainda culpadas por isso.

      O movimento “Democracia Verdadeira Já”, criado depois da “Acampada de Lisboa”, realizada no Rossio e que acabou em detenções, agendou uma manifestação para o próximo dia 19 de junho (domingo), dia para o qual estão previstos protestos semelhantes em 700 (setecentas!) cidades em todo o mundo.

      Em Lisboa o protesto terá início no Cinema S. Jorge, pelas 16 horas, seguindo pela Avenida da Liberdade até ao Rossio, aí se realizando, pelas 19 horas, uma assembleia popular.

      Para os organizadores, este protesto dirige-se a todos os que “sentem a necessidade urgente de uma democracia mais verdadeira, centrada nos cidadãos e afastada dos interesses económico-financeiros predatórios”, afirmando ainda que não é um protesto contra a crise ou a ajuda financeira externa em Portugal, mas sim contra, como dizem, “a atual governabilidade do Mundo”.

      Mais info em:
      http://www.acampadalisboa.net
      http://15maio.blogspot.com/

      Foi num dia como o de hoje mas do ano de 1974 (há 37 anos), que em Portugal, após a Revolução de Abril, foi fixado o primeiro Salário Mínimo.

      Na altura, o valor fixado foi de 3300$00 Escudos, isto é, € 16,46 Euros.

      Atualmente o Salário Mínimo Nacional (SMN) já não se denomina dessa forma mas sim RMMG: Retribuição Mínima Mensal Garantida, e o valor é atualizado anualmente, encontrando-se no corrente ano nos € 485,00 pagos em 14 prestações anuais (12 meses + 2 subsídios).

      O Salário Mínimo, ou a atual Retribuição Mínima, visa a proteção do trabalhador contra a exploração capitalista em virtude do excesso de oferta de mão-de-obra (desempregados), prevenindo-se assim o aproveitamento dos empregadores em face do excesso de pessoas que aceitariam trabalhar por cada vez menos salário.

      Os economistas da escola Keynesiana viam a existência do salário mínimo como uma vantagem económica que permitia estabilidade e crescimento, porquanto permitiria a circulação do dinheiro por parte dos trabalhadores, beneficiando, a final, os empregadores, pelo retorno.

      Em contrapartida, os economistas “neoclássicos” consideram o salário fixado um entrave para a contratação de trabalhadores, o que gera desemprego estrutural, uma vez que os empregadores se sentem coibidos de ofertar mais emprego devido à fixação artificial de um valor que reputam como inadequado à realidade do mercado, isto é, que reputam como elevado.

      Para além das sábias visões técnicas dos especialistas em economia e mercados, os trabalhadores que o auferem, por sua vez, afirmam ser tal salário curto para viverem com dignidade durante todo um longo mês, pretendendo que esse valor seja incrementado, ainda que não para um valor que lhes permita um enriquecimento idêntico ou minimamente parecido com aquele que o empregador consegue, pelo menos que lhe permita viver, a si e à sua família, com um mínimo de dignidade, pelo que aqui se propõe a instituição, em substituição da RMMG do PDMG, isto é, do Pagamento Digno Mínimo Mensal Garantido.

      Os estudantes menores de 12 anos estão a receber nas escolas privadas do Chile um bombardeio de propaganda feito por empresas multinacionais, como a “Claro”, do setor da telefonia, a “Monarch”, fabricante de bicicletas, e a “Nestlé”, gigante mundial da alimentação.

      Os “banners”, “jingles” e “outdoors” aparecem entre diálogos de personagens infantis e inseridos em exercícios de leitura em voz alta.

      Esta publicidade nos manuais escolares foi aprovada pelo governo chileno. As editoras do Chile dizem não receber nada pela propaganda e o Ministério da Educação define o conteúdo como exemplos de textos autênticos e de circulação nacional.

      Em alguns livros, os anúncios aparecem em página inteira. Em outros, sítios na Internet de empresas privadas estão indicados no final das lições, como sugestão de leitura para os estudantes.

      Em um dos livros, o enunciado convida o estudante a cantar: “Meu primeiro “Claro” (Claro é marca de telefone celular) a melhor forma de falar com os meus amigos”. “Meu primeiro “Claro” é estar longe e me sentir em casa”. “Se fala “Claro”, é claro que tem mais”. O conteúdo é apresentado como um modelo de texto publicitário para alunos do 5º ano.

      Os produtos anunciados são direcionados para o público infantil conhecido no mercado publicitário pelo seu grande poder de influência nas compras e pelo baixo senso crítico em relação aos anúncios.

      Muitos pais deram entrevistas a meios de comunicação chilenos protestando contra o ocorrido. Os pais afirmam que, ao contrário de um canal de televisão, os estudantes não podem virar a página ou mudar de canal para fugir da propaganda.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

      A organização do Mundial de Futebol de 2022 no Qatar, revelou que está a ser desenvolvido um sistema para a criação de nuvens artificiais de forma a amenizar as elevadas temperaturas que se registam no Verão do Golfo Pérsico.

      As nuvens artificiais vão proporcionar sombra durante as fases de maior calor, sendo aplicadas nos estádios e nos centros de treino.

      Umas das principais críticas que tem sido apontada à escolha do Qatar como anfitrião de um Mundial são as elevadas temperaturas que se fazem sentir durante o Verão, onde a região pode registar até 50º centígrados, tendo a candidatura apresentado uma proposta de implementação de um grande sistema de refrigeração e ar condicionado nos estádios.

      O departamento de engenharia da Universidade do Qatar, responsável pelo desenvolvimento da tecnologia, revelou que as nuvens serão produzidas por uma estrutura de carbono leve que albergará uma mistura de gás e hélio.

      A ser confirmado o projeto, estima-se que cada nuvem produzida ronde um custo final de 500 mil euros.

Etiquetas: , , ,

Calendário

Outubro 2017
S T Q Q S S D
« Set    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Visitantes já contados:

  • 81,848

Contacto por email:

infodiasms@gmail.com

O objectivo deste sítio é:

SabeMais no Twitter

[ Vota aqui sobre o conteúdo deste blogue e vê os resultados atuais ]

Facebook SabeMais e Info-Dia Sms

%d bloggers like this: