Sabe Mais

Posts Tagged ‘Internet

      Até hoje, os cientistas passavam imenso tempo, anos até, nos locais concretos a estudar as espécies animais e, raríssimas vezes tinham o privilégio de encontrar uma espécie nova.

      Até hoje, claro, pois acaba de se saber que a última espécie animal a ser descoberta é um inseto que vive num parque florestal no norte de Kuala Lumpur (capital da Malásia) e foi descoberta a semana passada, quando descrita num artigo científico (publicado na revista Zookeys) após visionamento “on-line” por um entomólogo, de fotografias de um fotógrafo amador que as colocou no “Flickr”.

      Esta nova espécie de inseto denomina-se Semachrysa jade e possui umas asas com caraterísticas muito especiais o que levou o cientista a perceber rapidamente que se tratava de uma espécie ainda não descrita cientificamente. Com efeito, esta inseto possui um padrão peculiar de veias nas asas com marcas pretas e duas manchas brancas.

      O artigo científico está integralmente disponível (em pdf) na seguinte ligação:
http://www.pensoft.net/J_FILES/1/articles/3220/3220-G-3-layout.pdf

      Uma empresa francesa registou como marca o nome “Anonymous”, o logótipo e um dos “slogans” dos ativistas: “We are Anonymous, we are legion, we do not forgive, we do not forget, expect us.” (Somos Anonymous, somos muitos, não perdoamos nem esquecemos, contem connosco).

      A pequena empresa francesa chama-se “Early Flicker” e o registo remonta já a fevereiro deste ano, no registo de patentes francês. A empresa usa o registo para vender “T-shirts”.

      O gerente da empresa divulgou uma nota no sítio da Internet esclarecendo que não pretende fazer dinheiro com os símbolos e que só vende dois ou três artigos por dia.

      Um internauta denominado “Anonymous francophone” colocou um vídeo intitulado “Anonymous não está à venda”, e promete represálias contra o gerente da empresa caso não deixe abandone o registo.

      Entretanto, a página da “Early Flicker” na Web http://www.eflicker.fr passou a estar indisponível, o mesmo sucedendo com a loja da empresa no sítio de leilões “eBay”.

      “Anonymous” (Anónimos) denomina um coletivo de ativistas, sem uma estrutura organizada, que atua essencialmente “online”, maioritariamente em causas relacionadas com a liberdade de expressão. O coletivo nasceu nos Estados Unidos como um grupo de contestação à Igreja da Cientologia, mas entretanto alastrou a outros países e a outros assuntos.


Etiquetas:

      A organização dos Olímpicos 2012 «não autoriza» hiperligações para o site oficial dos jogos que retratem a organização de forma «falsa, enganosa, depreciativa ou censurável».

      Ou seja, segundo as políticas “online” dos Olímpicos 2012, qualquer sítio na Internet, blogue ou rede social que queira inserir uma ligação (“link”) para o sítio oficial dos Jogos só o pode fazer se o conteúdo não for enganoso, depreciativo ou censurável.

      Isto é, só podes incluir uma ligação para o sítio oficial dos Jogos Olímpicos se for para dizer coisas simpáticas sobre eles e nunca o contrário.

      Esta tentativa da organização dos Olímpicos em condicionar as hiperligações em toda Web é a coisa mais pateta que se pode imaginar; em última análise, o que a organização dos Olímpicos está a tentar é mudar todo o modelo de funcionamento da própria Internet.

      Mais info em: http://www.london2012.com/terms-of-use/

Etiquetas: ,

      O blogue “Anarquinfo”, do grupo informativo “InfoDia/SabeMais/Anarquinfo”, em http://anarquinfo.blogspot.com publica hoje o seu artigo número 1000.

      Como a cada artigo corresponde um dia, este blogue tem assim 1000 dias de existência e publicações, desde quando começou em novembro de 2009, há quase três anos.

      Já agora, nota que este blogue especializado é o mais recente do grupo, pois todos os outros são mais antigos, tendo-se iniciado, ou melhor, ampliado, as publicações à Internet desde janeiro de 2007.

      Todos os dias estes blogues publicam artigos de diferente opinião, não massificada, e, muitas vezes, uma informação de difícil acesso.

      O Mundo, a Vida e a Liberdade podem ser melhores do que isto. Esforça-te para o conseguires, cada segundo, cada vez que respires.

      Liberta-te a ti mesmo pelo conhecimento, não acreditando nas mentiras das religiões, dos poderes, dos Estados…

      A sabedoria é o único poder maior. Aprende, para saberes mais do que eles.

      O conhecimento é a tua arma de guerra mais poderosa e destruidora. Usa-a, ataca, mata, destrói.

Etiquetas: ,

      Estudo realizado pela Salford Business School da Universidade de Salford, no Reino Unido, afirma que as redes sociais na Internet como o Facebook ou o Twitter aumentam a ansiedade dos utilizadores.

      Segundo o estudo, cujo universo são os utilizadores de Internet, mais de metade dos inquiridos considerou que as redes sociais mudaram o seu comportamento e metade indicou que as suas vidas foram alteradas para pior.

      Dois em cada três inquiridos adiantaram também que era difícil relaxar e até dormir após passarem algum tempo a navegar nas redes sociais e um quarto admitiu enfrentar dificuldades nos seus relacionamentos e no trabalho.

      53% dos inquiridos disse que o lançamento das redes sociais mudou as suas vidas, sendo que a maioria considerou que a mudança teve um impacto negativo.

      O estudo também demonstrou o vício em relação à Internet, com 55 por cento a afirmar que se sentiu «preocupado ou desconfortável» quando não conseguiu aceder ao Facebook ou às contas de correio electrónico.

      Na sua maioria, os inquiridos sentiram necessidade de desligar os seus aparelhos eletrónicos para fazer um “intervalo” na Internet.

      Os resultados do estudo foram ainda surpreendentes pelo elevado número de pessoas que afirmaram que a única forma de interromper a ligação à Internet era desligar telemóveis, BlackBerries ou computadores, uma vez que são incapazes de pura e simplesmente ignorar os dispositivos.


Etiquetas: ,

      A Holanda passou a ser o primeiro país europeu a aprovar legislação favorável à neutralidade da Internet.

      A aprovação do diploma ocorre depois de no ano passado a legislação ter recebido luz verde por parte da Câmara Baixa do Parlamento holandês, o que faz com que a Holanda se torne o primeiro país na Europa, e um dos primeiros em todo o mundo, a avançar com a neutralidade da rede.

      Além de servir para garantir a neutralidade da Internet, proibindo, por exemplo, os operadores de serviços de Internet de limitarem a velocidade de acesso consoante os sites acedidos pelos utilizadores, a mesma lei destina-se sobretudo a proteger os cibernautas no que diz respeito a questões como a desactivação do serviço, que a partir de agora apenas pode ocorrer em caso de fraude ou não pagamento de fatura.

      Também está previsto no diploma a limitação da realização de escutas telefónicas ou a monitorização dos conteúdos.

      O texto do diploma vai agora ser revisto do ponto de vista técnico, para que possam ser identificados possíveis erros, antes de seguir para a votação final, prevista para o próximo dia 15 de maio.


Etiquetas:

      A Wikipedia acaba de anunciar que é possível fazer o “download” de toda a sua informação, num ficheiro de apenas cerca de 10 GB (excluídas as imagens, mas não os gráficos, tabelas, cálculos e outras ilustrações necessárias), podendo assim deter toda a informação sem necessidade de estar “on-line”. Assim, sempre que não se disponha ou se possa ter uma ligação à Internet, é, ainda assim, possível consultar toda a enciclopédia, quer se esteja num avião ou num local sem rede/ cobertura, toda a enciclopédia em língua inglesa até Janeiro de 2012.

      O arquivo que permite descarregar a Wikipedia para o computador é um OpenZIM legível a partir de programas como o Kiwix, disponível para Windows, Mac e Linux.

      A descarga (“download”), tal como a consulta e participação, continua a ser totalmente livre de acesso e partilha; um fantástico exemplo de coragem anticapitalista e resistência.

      A Wikipedia surgiu muito antes do Google, e é/foi uma inestimável fonte de pesquisas sobre inúmeros assuntos. Nunca admitiu publicidade e, ao contrário do Google, acabou envolvida em contínuas crises financeiras, vivendo hoje de contribuições espontâneas (seu fundador, Jimmy Wales, passa o tempo pelo Mundo em busca de ajuda).

      A Wikipedia é um projeto fantástico para além de ser uma enciclopédia livre e livre no sentido de qualquer pessoa a poder consultar, em múltiplas línguas, mas também livre no sentido de qualquer pessoa a poder completar. Esta vantagem acarreta consigo alguns problemas, designadamente, a fiabilidade dos dados publicados, pois pessoas há que os introduzem, até propositadamente, errados. Há um painel de editores que vai fazendo a filtragem da informação mas estes editores, que trabalham gratuitamente, não conseguem gerir tanta quantidade de informação em tempo útil.

      Atualmente, a Wikipedia tem convénios com universidades e centros de pesquisa, parcerias estas, editoriais, que são produtivas quer para os alunos quer para a Wikipedia, com vantagem para qualquer utilizador, pois a informação publicada é cada vez mais fiável. No geral, as universidades têm criado um sistema de créditos em que os seus alunos aprofundam determinados assuntos e os atualizam com rigor e aprofundadamente na Wikipedia.

      Mais info sobre a descarga (“download”) da Wikipedia, diretamente em:
http://blog.wikimedia.org/2012/04/09/download-the-text-of-the-entire-english-wikipedia/



Calendário

Agosto 2017
S T Q Q S S D
« Set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Visitantes já contados:

  • 80,731

Contacto por email:

infodiasms@gmail.com

O objectivo deste sítio é:

SabeMais no Twitter

[ Vota aqui sobre o conteúdo deste blogue e vê os resultados atuais ]

Facebook SabeMais e Info-Dia Sms

%d bloggers like this: